Guimarães 2012, um ano de Capital da Cultura antecedido de algumas polémicas

Guimarães 2012, Capital Europeia da Cultura, arrancou a 21 de janeiro para um ano cheio de iniciativas culturais, antecedido por algumas polémicas, nomeadamente a da substituição da responsável máxima pelo evento.

2006

07 de outubro -- A ministra da Cultura, Isabel Pires de Lima, declara que a cidade de Guimarães reúne "todas as características" para acolher um evento como a Capital Europeia da Cultura (CEC).

2009

12 de maio -- Guimarães é oficialmente designada Capital Europeia da Cultura no ano de 2012.

Julho -- É criada a Fundação Cidade de Guimarães (FCG), entidade à qual é confiada a gestão da Capital Europeia da Cultura. Cristina Azevedo é nomeada presidente do Conselho de Administração, enquanto Jorge Sampaio é apresentado como Presidente do Conselho Geral.

2010

Janeiro -- A Fundação Cidade de Guimarães é atingida pela polémica que envolve os salários do Conselho de Administração, considerados "exorbitantes".

2011

Junho de 2011 -- Presidente da Câmara de Guimarães, António Magalhães, reclama por atrasos na assinatura do protocolo entre a Fundação e a Oficina, estrutura local responsável por grande parte da programação artística da CEC.

14 de julho - António Magalhães declara o "divórcio" e a "retirada de confiança" a Cristina Azevedo.

22 de julho -- Cristina Azevedo abandona o cargo de presidente da Fundação Cidade de Guimarães.

28 de julho -- João Bonifácio Serra, até então vice-presidente da Fundação Cidade de Guimarães, é nomeado presidente.

12 de agosto -- Carlos Martins, que se tinha demitido em divergência com Cristina Azevedo, volta ao projeto Guimarães 2012, agora como diretor executivo.

13 de dezembro -- Inauguração do renovado Largo do Toural

14 de dezembro -- Apresentação da programação dividida em quatro ciclos: Tempo para Encontrar, Tempo para Criar, Tempo para Sentir e Tempo para Renascer. Estreia da Fundação Orquestra Estúdio.

2012

01 de janeiro -- Maribor, na Eslovénia, capital da cultura em simultâneo com Guimarães, arranca com a sua programação.

21 de janeiro -- Arranque oficial da CEC Guimarães 2012, numa cerimónia com a presença de Cavaco Silva, Durão Barroso e Pedro Passos Coelho, seguido de um espetáculo protagonizado pelos catalães Fura dels Baus no largo do Toural.

27 de janeiro -- Segundo fim de semana de programação com, concerto dos Buraka Som Sistema e a iniciativa "Mi casa es Tu casa".

02 de fevereiro - Arranque do festival de dança "GUIdance".

25 de fevereiro -- Abre Laboratório de Curadoria no espaço Asa.

07 de março -- Estreia de "When tool met Wood", uma encomenda ao compositor Win Mertens.

10 de março -- Abertura da exposição "O ser urbano", sobre o trabalho do arquiteto Nuno Portas.

14 de abril -- Abertura da iniciativa "O Castelo em 3 Atos. Assalto, Destruição e Reconstrução".

08 de maio -- Equipa de gestão da CEC queixa-se de atrasos na entrega de verbas da CCDR-N, mas afirma que já foi atingido o meio milhão de espetadores.

19 de maio -- Desfile Tradicional do Traje Popular no Toural, com mais de 1.200 figurantes.

07 de junho -- Decorre a Noite Branca.

09 e 10 de junho -- Leitura integral de "Os Lusíadas" durante dois dias.

22 de junho -- Inaugurada a exposição "A dança da morte de Christian Boltanski".

24 de junho -- Inaugurada a Plataforma das Artes

25 de junho -- Espaço reabilitado de Couros recebe iniciativa PoP Up.

03 de julho - Comissão Ministerial de Coordenação do Quadro de Referência Estratégico Nacional aprova regime excecional para Guimarães.

07 agosto -- Projeto Sahra abandona CEC, alegando falta de condições.

03 de setembro -- Parte de Guimarães o projeto Spera Mundi, uma caravana com cerca de 30 pessoas em direção a Maribor.

14 a 16 de setembro -- Feira afonsina.

21 de outubro -- Arranque de um conjunto de iniciativas em torno da obra de Michelangelo Pistoletto.

08 de novembro -- Festival Guimarães Jazz.

15 de novembro -- Estreia de "Centro histórico", que reúne as curtas-metragens encomendadas pela CEC a Manoel de Oliveira, Victor Erice, Pedro Costa e Aki Kaurismaki.

17 de novembro -- Inauguração da exposição "Fernando Távora Modernidade Permanente".

30 de novembro -- Festival Primavera Club.

14 de dezembro -- Estreia da ópera "Mumadona", uma encomenda da CEC.

21 a 23 de dezembro -- "Não" encerramento da Capital Europeia da Cultura.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG