Ex-baterista dos Sitiados morreu vítima de um linfoma

O músico Fernando Fonseca, de 48 anos, morreu na segunda-feira passada, em Carcavelos, no concelho de Cascais, foi hoje divulgado.

A acordeonista Sandra Barata, que tocou com Fernando Fonseca nos Sitiados, disse à agência Lusa que o baterista faleceu na segunda-feira, vítima de um linfoma, em Carcavelos, e a cerimónia fúnebre realizou-se na terça-feira, naquela localidade.

Fernando Fonseca foi baterista e fundador, em 1987, dos Sitiados, com Sandra Barata, José Resende (guitarra) e João Aguardela (voz), músico falecido há cinco anos.

O baterista gravou o primeiro álbum homónimo da banda, que atingiu o disco de platina, com vendas superiores a 50.000 exemplares. Anteriormente, tinha gravado a canção "A noite", que foi popularizada pelos Resistência.

A bateria de Fernando Fonseca foi ainda gravada em 1993, para o álbum "E agora?!", o segundo dos Sitiados, dos quais saiu, por motivos pessoais, como afirmou na época à comunicação social.

O músico fez ainda parte dos HuaHine, projeto cujo single foi lançado na revista Super Jovem, em 1995.

Entre propostas e projetos musicais, recusou um convite para fazer parte dos Rádio Macau e, mais tarde, fez parte dos Matarruanos, criando posteriormente um projeto a solo, com temas de intervenção, intitulado "Manguito".

SetePontoQuatro é a última banda em que Fernando Fonseca tocou e gravou. A última vez que tocou em palco foi em 2013.

Na página de Facebook desta banda, é prestada homenagem ao músico, ao seu "humor sarcástico", ao seu "grande amor pela música" e à sua "força para trabalhar apesar da doença que o consumia mas que ele tão bem sabia desprezar". E partilha um vídeo "raro" dos tempos dos Sitiados em que Fernando Fonseca canta com João Aguardela.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG