Encontro pela defesa do património imaterial alentejano

Decorreram no passado sábado as primeiras Jornadas para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial do Alentejo, organizadas pela associação nacional de mesmo nome, pela salvaguarda da riqueza e diversidade da cultura imaterial alentejana.

Do encontro, onde marcaram presença representantes do movimento associativo de defesa do património cultural, técnicos superiores autárquicos, docentes, investigadores, entre outros, resultou o desejo de criar a linha "SOS Património Cultural Imaterial em Perigo", como meio facilitador para o alerta e para a prevenção de situações de risco - tais como acontece com a possível extinção da Arte Chocalheira, referida durante as jornadas.

Apoiar a criação de um Centro Europeu da Marioneta, em Évora, onde permanecem os Bonecos de Santo Aleixo, é outro dos desejos da organização, que promete voltar a reunir-se para debater o Património Cultural Imaterial do Alentejo.

No encontro houve, também, espaço para endereçar os votos de melhoras a Amadeu Ferreira, defensor da língua mirandesa e co-fundador da Associação para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG