Dupla de designers portugueses na 'La Fête du Graphisme'

A dupla de designers portugueses Lizá Ramalho e Artur Rebelo vai apresentar, a partir de quinta-feira, os seus trabalhos em Paris, no âmbito da primeira edição da "La Fête du Graphisme", que percorrerá a capital francesa.

De acordo com o R2, estúdio especializado em design de comunicação visual, fundado pela dupla portuguesa, no Porto, em 1995, o trabalho estará patente nos Champs-Elysées, até dia 18 de fevereiro, no âmbito de uma das exposições do evento, intitulada "Célebrer Paris".

Nesta mostra vão estar reunidas criações originais de 40 designers de renome internacional, como Javier Mariscal (Espanha), Seymor Chwast (EUA), Leonardo Sonnoli (Itália), Ann Sang-Soo (Coreia do Sul) e Cyan (Alemanha).

A proposta de Lizá Ramalho e Artur Rebelo tem como ponto de partida a frase do escritor francês Victor Hugo "Errer est humain, flâner est parisien" ("Errar é humano, passear é parisiense").

Consiste num poster no qual são reunidos o conceito de "flâneur", do escritor Baudelaire, e a "Teoria da Deriva", do escritor, ensaísta e realizador francês Guy Debord, que remete para o ato de vaguear sem direção e de se deixar levar pelos estímulos psicogeográficos.

Na quinta-feira, os designers portugueses vão estar na Biblioteca Nacional de França, para apresentar o projeto "Vai com Deus" (2008), uma instalação tipográfica criada para a fachada da Ermida Nossa Senhora da Conceição, em Lisboa.

A "La Fête du Graphisme" ("Festa do Grafismo", em tradução livre), tem como objetivo promover o design gráfico e a sua influência económica e cultural na sociedade.

O evento vai estar presente em vários locais de Paris, dos Champs-Elysées à Biblioteca Nacional de França, passando por Les Docks -- Cité de la Mode et du Design, no Gaîte Lyrique, MK2 Bibliothèque e pelo Institut Français de la Mode.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG