Realizador Patrice Chéreau morreu aos 68 anos

O realizador, encenador, ator, guionista, Patrice Chéreau morreu esta segunda-feira em Paris, aos 68 anos, vítima de cancro do pulmão. François Hollande já lamentou a sua morte.

Nascido em 1944 no seio de uma família de pintores, Chéreau era um dos principais nomes da cena francesa e um consagrado realizador de cinema e encenador de ópera. A sua última produção, "Elektra", de Richard Strauss, foi aplaudida de pé, em julho, no festival de ópera de Aix-en-Provence, no sul de França.

No cinema, o seu filme de maior sucesso foi "A Rainha Margot", protagonizado por Isabelle Adjani em 1994.

O presidente francês François Hollande já lamentou a morte de Patrice Chéreau, que descreveu como um dos maiores artistas do país, que deixa uma marca considerável. "O mundo da cultura está de luto e a França perde um artista de dimensão universal que era em todo o mundo o seu orgulho", dizia o comunicado da presidência, citado pela France Press.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG