Processo contra versão porno de 'As 50 Sombras de Grey'

A produtora norte-americana 'Smash Pictures', especializada em filmes para adultos, vai ser processada pela 'Universal Studios', depois de ter adaptado o enredo da trilogia 'As 50 Sombras de Grey' a um filme pornográfico.

A adaptação cinematográfica do best-seller de E. L. James, 'As 50 Sombras de Grey', vê-se agora envolvida em mais uma polémica. Desta vez o assunto prende-se com a produtora 'Smash Pictures', especializada na produção de conteúdos para adultos, que decidiu adaptar a história do livro a um filme pornográfico intitulado 'Fifty Shades of Grey: A XXX Adaptation'.

De acordo com o site da 'BBC', a produtora usa os mesmos diálogos, personagens, acontecimentos e estilo do livro, mas numa versão pouco indicada para o público em geral e sem possuir os direitos para isso.

A 'Universal Studios', que detém os direitos para três filmes baseados na trilogia, vai processar a produtora alegando que se trata de um "'rip-off' direto e simples". "A adptação XXX, primeiro não é uma paródia e não comenta, critica ou ridiculariza os originais", afirmou fonte da Universal à BBC.

A ação judicial parte não só da Universal mas também da companhia britânica que detém os direitos do livro. Ambos alegam que a produtora 'Smash Pictures' quer lucrar deliberadamente com o êxito da obra, diz a BBC.

Segundo site espanhol sobre cinema 'SensaCine', o filme 'Fifty Shades of Grey: A XXX Adaptation', pode já ser comprado em DVD. A produtora já anteriormente tinha realizado versões pornográficas de filmes como: 'O Diário da Nossa Paixão' ou 'O Casamento do meu Melhor Amigo', mas, neste caso, foram reproduzidos na íntegra alguns dos diálogos originais do livro, assim como o enredo.

Apesar dos vários rumores, os atores que interpretarão as personagens principais, Anastasia Steele e Chritian Grey, na versão para cinema que está a ser desenvolvida pela Universal, ainda não foram anunciados oficialmente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG