Novo filme de "Astérix" em risco por falência de produtora

Trinta e seis longas-metragens, nomeadamente a última de "Astérix", estão ameaçadas pelo encerramento iminente do grupo Quinta Industries, cuja liquidação judicial foi decidida quinta-feira, informou hoje a Fédération des Industries de Cinéma (FIC).

"Nós realizámos nos últimos três dias o inventário preciso dos filmes e identificámos 36, doze em pós-produção cuja estreia está prevista para as próximas semanas, e 24 em rodagem e que devem terminar em breve, e que entram em pós-produção no próximo trimestre", disse à AFP Thierry de Segonzac, presidente da FIC que representa todas as áreas técnicas do cinema.

Entre os filmes estão "Astérix - God Save Britannia" ou "Au service de Sa Majesté", de Laurent Tirard, com Gérard Depardieu e Edouard Baer, e a "nata" do cinema francês com Catherine Deneuve, Valérie Lemercier, Fabrice Luchini, Dany Boon e Jean Rochefort.

Entre os 12 filmes a estrear em breve estão "La Vérité...", de Thomas Gilou, "Une Nuit", de Philippe Lefèbvre, "10 jours en Or", de Nicolas Brossette, e "Sport de Filles", de Patricia Mazuy

A lista de Segonzac integra ainda o primeiro filme de Sylvie Testud, "La Vie d'une autre", com Juliette Binoche e Mathieu Kassovtiz.

O grupo Quinta Industries, detido maioritariamente (83%) pelo empresário franco-tunisino Tarak Ben Ammar, é especializado em pós-produção tendo na quinta-feira sido decidida a sua liquidação judicial pelo Tribunal de Comércio de Nanterre (Alto Sena).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG