Mike Hodges vai estar presente no Fantasporto

Quarenta anos após a estreia do seu filme icónico "Get Carter", o realizador britânico Mike Hodges vai estar presente na 32.ª edição do Fantasporto para ser homenageado com um Prémio de Carreira.

Não é a primeira vez, aliás, que o britânico, que um dia disse que "os filmes devem ter alma e expressar as verdades difíceis da condição humana", é galardoado no Fantasporto. Em 1990, o thriller sobrenatural que realizou para Rosanna Arquette, "Black Rainbow", ganhou dois prémios no festival, incluindo o de Melhor Filme.

Para a história do cinema ficará a sua primeira longa-metragem de que é autor também do argumento, "Get Carter", protagonizada por Michael Caine, que encarna um gangster que decide vingar a morte do seu irmão numa série de assassínios brutais.

O filme é hoje considerado como um dos melhores filmes policiais de sempre e os portugueses vão poder revê-lo numa cópia restaurada pelo British Film Archive.

Segundo um comunicado do Fantasporto, "o filme evoca uma sociedade em vias de mudança profunda, capturando um sentimento de desilusão que marcou a substituição do 'idealismo dos anos 1960', pelo 'materialismo desenfreado' dos anos 1970".

Carter é uma figura ambivalente, um assassino aparentemente sem emoção que chora a morte do irmão. O argumento escrito por Hodges é adaptado do livro de Ted Lewis "Jack's Return Home".

Nascido em Bristol a 29 de Julho de 1932, Mike Hodges teve uma educação de classe média, tendo-se tornado num revisor oficial de contas. Foram precisos apenas dois anos para Hodges se aperceber que queria fazer algo de mais criativo com a sua vida. Nos anos 1960 trabalhou na televisão, realizando documentários. No início dos anos 1970 lançou-se nas longas-metragens com "Get Carter".

Outros filmes da carreira de Hodges como "Pulp" (1972), "The Terminal Man" (1974) e "Black Rainbow" (1990) merecem também um visionamento. Hodges realizou também "Flash Gordon" que não foi bem recebido pela crítica, mas que até hoje se mantém como a versão moderna desse grande herói da ficção científica dos anos 1920.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG