J.J. Abrams confessa dificuldades para novo Star Wars

O realizador do próximo episódio de "Star Wars - A Guerra das Estrelas" quebrou o silêncio e admitiu que este projeto será para ele mais difícil de executar do que foram os últimos filmes de "Star Trek", pois é fã da saga criada por George Lucas desde pequeno.

Entrevistado por Simon Pegg para promover o novo filme "Star Trek Into Darknesss", a estrear este mês em todo o mundo, Abrams acabou por falar também no futuro "Star Wars", que deverá chegar às salas em 2015.

É Pegg quem 'puxa' o assunto, dizendo que a saga "está em boas mãos". "Tu 'apanhas' bem a coisa, de uma forma que só um fã de Star Wars 'apanha'", elogia o ator que faz de Scotty, o chefe engenheiro da nave Enterprise em "Star Trek".

O realizador recorda o impacto que sentiu quando, em 1976, viu pela primeira vez um cartaz do "Star Wars" original (um filme "que mudou o mundo", classifica). E reconhece que o seu amor pela saga criada por George Lucas poderá dificultar o trabalho.

Quando aceitou fazer Star Trek, conta Abrams, "não era fã da série", pelo que não teve grandes dificuldades em dirigir o 'reboot' destas aventuras. Já com "Star Wars"... "Parte do desafio de fazer qualquer coisa que se adora de antemão é o esforço de nos obrigarmos a começar de novo, sem partir do princípio que toda a gente vai gostar ou ficar bem impressionado", desabafa Abrams.

A finalizar, Simon Pegg brinca com o cineasta afirmando que seria boa ideia não batizar o próximo Star Wars como "Mais Aventuras de Jar Jar Binks". Algo que todos os fãs provavelmente concordam...

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG