O tão cobiçado Óscar só vale 13,6 euros

O cobiçado prémio mede 33 centímetros, pesa 3,85 quilos e não pode ser vendido sem antes ser oferecido à Academia de Hollywood. Mas há outras curiosidades em torno do Óscar.

Na base do Óscar está gravado um número de série e um aviso que diz que a estatueta não pode ser vendida ou transferida sem antes ser oferecida à Academia, que tem direito de preferência pelo valor simbólico de 10 dólares (7,5 euros).

A organização foi bem sucedida em tribunal, no final de 2008, num caso da família da atriz do cinema mudo Mary Pickford, que queria vender o Óscar. No entanto, em 1993, isso não impediu que o Óscar ganho em 1945 pela atriz Joan Crawford por "Milred Pierce" fosse leiloado por 68.500 mil dólares (52 mil euros atuais).

Com 33 centímetros de altura e 3,85 quilos, cada estatueta - fabricada pela empresa RS Owens, em Chicago - , custa 18 dólares (13,6 euros). É feita com uma liga de cobre, estanho e antimónio e coberta com cobre, níquel, prata e ouro de 24 quilates.

Durante a segunda guerra mundial, devido à escassez de metais, o Oscar - assim chamado porque fazia lembrar o tio de um elemento da Academia - era feito de gesso.

A primeira estatueta - entregue em 1929 - foi desenhada por um artista de Los Angeles, George Stanley, a partir de uma ideia do diretor artístico da MGM, Cedric Gibbons.

Ler mais

Exclusivos