Columbia Tristar Warner encerra escritórios em Portugal

Segunda maior distribuidora de cinema a operar em Portugal fecha no dia 31 de Março. A crise do mercado português e rentabilidade insuficiente são as causas. '300: O Início de um Império' é o último filme a ser estreado pela empresa, no dia 6 de março. Catorze pessoas são despedidas.

A distribuidora cinematográfica Columbia Tristar Warner vai encerrar os seus escritórios em Portugal no dia 31 de Março, após uma presença de décadas no nosso país. Era a segunda maior distribuidora a operar no mercado, depois da Zon Lusomundo Audiovisuais.

Enquanto Columbia Pictures, a distribuidora encontrava-se a trabalhar em Portugal desde os anos 50. Enquanto joint venture sob a designação Columbia Tristar Warner Filmes de Portugal funciona desde 1972, sendo assim, desde longa data, a representante nacional destas majors norte-americanas. Nunca teve salas próprias, dedicando-se à distribuição mas não à exibição. Os catálogos das companhias que representa, nomeadamente Warner Bros e Sony Pictures Entertainment, irão passar para novas mãos na distribuição nacional, consumando-se assim a sua cisão no nosso país.

Este fecho, decidido em Los Angeles (EUA), vai causar o despedimento de 14 funcionários, cujos processos de rescisão de contratos e indemnização estão já a correr. Fonte da empresa disse ao DN: "Este encerramento veio apanhar as pessoas de surpresa e está relacionado com a quebra do mercado português de cinema nos últimos dois, três anos, sobretudo em 2012 e 2013. Os resultados da empresa caíram como consequência. E apesar de sermos rentáveis, de não apresentarmos resultados negativos, não temos, no entanto, os critérios de rentabilidade que nos são pedidos nos EUA. Ou seja, o mercado português já não tem dimensão suficiente para que tenhamos escritórios próprios cá."

A Columbia Tristar Warner de Portugal vai estrear mais 3 filmes até ao seu encerramento: 'A Winter's Tale: Uma História de Amor'. 'O Filme Lego', um animação em peças e figuras Lego, e '300: O Início de um Império', a continuação de '300', o último, no dia 6 de Março.

Exclusivos

Premium

Líderes europeus

As divisões da Europa 30 anos após o fim da Cortina de Ferro

Angela Merkel reuniu-se com Viktor Orbán, Emmanuel Macron com Vladimir Putin. Nos próximos dias, um e outro receberão Boris Johnson. E Matteo Salvini tenta assalto ao poder, enquanto alimenta a crise do navio da ONG Open Arms, com 107 migrantes a bordo, com a Espanha de Pedro Sánchez. No meio disto tudo prepara-se a cimeira do G7 em Biarritz. E assinala-se os 30 anos do princípio do fim da Cortina de Ferro.