Glenn Close homenageada com prémio de carreira

A actriz Glenn Close vai ser homenageada com o Prémio Donostia na 59.ª edição do Festival de San Sebastián, no País Basco, Espanha, que se realiza de 16 a 24 de setembro.

Segundo se lê no site oficial do festival de cinema, o prémio pretende distinguir a recheada carreira da atriz americana, que estará presente na cidade basca para a estreia na Europa do seu último filme, "Albert Nobbs".

O filme , realizado pelo colombiano Rodrigo García, decorre na Irlanda do século XIX, numa sociedade dominada por homens e em que as mulheres estavam condenadas a servi-los. A protagonista -- representada por Glenn Close -- é uma mulher que se disfarça de homem para conseguir trabalho num hotel e ganhar o dinheiro necessário para cumprir o seu sonho. "Albert Nobbs", o filme, é baseado numa novela do escritor naturalista irlandês George Moore, precursor do modernismo que atinge o expoente com "Ulisses", de James Joyce.

Glenn Close é também produtora do filme e uma das responsáveis pelo argumento, com a húngara Gabriella Prekop e o romancista irlandês John Banville, autor de "O livro da evidência" e de "Os infinitos", vencedor do Prémio Booker em 2005 e do Prémio Franz Kafka, já este ano.

Glenn Close -- cinco vezes nomeada para os Óscares (sem nunca ter vencido nenhum), dez vezes nomeada para os Globos de Ouro (ganhou dois), doze vezes nomeada para os Emmy (venceu três) e vencedora de três Tony Awards pelo trabalho teatral na Broadway -- vai receber o Prémio Donostia a 18 de setembro, às 21:30, no Auditorio del Kursaal.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG