Filme de Guimarães 2012 passa hoje em Cannes

'3 X 3D', filme de Godard, Greenaway e Edgar Pêra, produzido no âmbito de Guimarães 2012, terá hoje a sua estreia mundial no encerramento da Semana da Crítica.

O filme 3x3D foi escolhido para ser exibido esta noite na cerimónia oficial de encerramento da Semana da Crítica no Festival de Cannes. 3x3D resulta da soma de três curtas-metragens, realizadas e escritas por Jean-Luc Godard, Peter Greenaway e pelo realizador português Edgar Pêra.

Este é um filme que foi produzido no âmbito de Guimarães 2012, Capital Europeia da Cultura. Como o próprio nome deixa antever, 3x3D pretende ser uma tripla reflexão sobre o uso da tecnologia 3D no cinema, focando-se em alguns aspetos concretos, nomeadamente questionado se o uso do 3D serve apenas os blockbusters e os filmes de género ou se a sua utilização poderá também servir os chamados filmes de autor e experimentais. Para além destes aspetos, os filmes pensam a relação dos espectadores com o 3D e a forma como este afeta as suas perceções.

Na prática, 3x3D é um filme composto por três olhares diferentes, cada um com a visão de cada realizador. Peter Greenaway deu vida ao segmento Just in Time que, segundo o crítico Léo Soesanto afirma num comunicado da organização, "é uma viagem pelo passado de Guimarães, que está cheio de armadilhas. Uma viagem sensorial entre imagens que não estão vivas nem mortas." O filme de Godard, The Three Disasters, é descrito como "uma justaposição de imagens do mundano e do grandioso, com as suas admiráveis máximas finais e o seu sentido de humor pessoal". Edgar Pêra conclui o conjunto com Cinesapiens, que gera a interrogação do que "aconteceria se o cinema nos estivesse a transformar noutra espécie, vendo e agindo ao mesmo tempo".

O resultado dos três filmes é assim 3x3D, um conjunto de ideias que pretende acrescentar uma terceira dimensão a duas outras: o tempo e o passado, na comemoração dos dois mil anos da cidade portuguesa. A Semana da Crítica, criada em 1962, decorre em paralelo com o Festival de Cannes e termina amanhã. Nesta 52.ª edição, o realizador português Miguel Gomes é o presidente do júri para os filmes que competem na secção.

Exclusivos