Christie's leiloa diamante por 18,2 milhões de euros

Um diamante puro, incolor, em forma de pera e com 101,73 quilates foi hoje arrematado num leilão da casa Christie's em Genebra por mais de 18,2 milhões de euros.

Extraído da mina de Jwaheng no Botsuana, este diamante pesava 236 quilates na sua versão bruta, informou o diretor da divisão de joias da Christie's Suisse, Jean-Marc Lunel.

Foram necessários 21 meses ao lapidador de diamantes para lhe dar o aspeto atual, em forma de pera com 4,1 centímetros de comprimento e 2,5 centímetros de largura.

Foi a primeira vez que este diamante esteve em leilão, o que permitirá ao seu primeiro proprietário dar-lhe um nome.

O valor final do diamante, com taxas e impostos, ascenderá aos 20,7 milhões de euros.

O diamante obteve a classificação "D" pelo Instituto Americano de Gemologia, correspondendo às características incolor, o melhor para um diamante, para além da melhor transparência e perfeita simetria.

Nesta categoria o campeão mundial é o Cullinan, uma pedra de 530,20 quilates que faz parte das joias da coroa britânica.