Bosch português em destaque na inauguração oficial

A exposição que o Museu do Prado dedica até 11 de setembro ao mestre holandês abriu hoje ao público.

Com o título El Bosco. A Exposição do V Centenário, abriu esta manhã ao público a maior aposta do Museu do Prado em termos de exposições temporárias para este ano.

Ontem foi dia de inauguração oficial, com a presença de várias individualidades. E como entre os 21 quadros de Hieronymus Bosch (1450-1516) que constituem a mostra se encontra o tríptico Tentações de Santo Antão, um empréstimo do Museu Nacional de Arte Antiga, o diretor da instituição portuguesa, António Pimentel partilhou no facebook o momento em que a comitiva oficial contempla a obra que habitualmente só pode ser vista em Lisboa.

"Ontem, no Museu do Prado, a comitiva portuguesa (com o Ministro da Cultura, Dr. Luís Filipe Castro Mendes e o Embaixador de Portugal em Madrid, Dr. Francisco Ribeiro de Menezes), apresentando as Tentações de Santo Antão aos Reis de Espanha e Princesa Beatriz da Holanda", escreveu António Pimentel que, na sexta-feira, durante a visita da imprensa, foi apresentado como "um dos mais simpáticos diretores de museu" por José Pedro Pérez-Llorca, presidente do Real Patronato do Museu do Prado.

"O notável tríptico do MNAA foi objeto de demorada atenção e ocupa o centro do percurso expositivo, que culmina no Jardim das Delícias", refere ainda António Pimentel.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG