Assistentes escrevem carta ao presidente da câmara

Os colaboradores do MUDE, dispensandos na quinta-feira, pela associação Aumento d' Ideias escreveram uma carta ao presidente da câmara municipal de Lisboa.

Organizados em torno de um movimento denominado Mude Résistance, os colaboradores do museu entregaram ontem na câmara municipal de Lisboa uma carta endereçada a António Costa onde denunciam a sua condição de "falsos recibos verdes" e reclamam "a justa contratação dos trabalhadores que o MUDE já formou e que acompanharam o seu crescimento ao longo destes quase dois anos".

Leia mais pormenores no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG