As perspetivas para a Cultura discutidas hoje em Lisboa

O secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, abre hoje a conferência "Perspetivas para a Cultura no Quadro Estratégico Europeu 2014-2020", que vai decorrer até ao final do dia, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

A conferência "visa refletir sobre o papel do desenvolvimento cultural e da economia da criatividade, no cumprimento dos objetivos da estratégia Europa 2020, em matéria de crescimento, emprego e inclusão", segundo uma nota da Secretaria de Estado da Cultura (SEC).

"Com o futuro ciclo de financiamentos comunitários a Portugal em preparação e discussão, torna-se essencial refletir sobre as prioridades e estratégias a desenvolver e a aplicar nesse contexto", acrescenta a SEC.

A primeira mesa redonda, após a intervenção de Barreto Xavier, sobre as "perspetivas do Quadro Estratégico Comum 2014-2020", moderada por Teresa Albuquerque, do gabinete do secretário de Estado da Cultura, conta com a participação de Pier Luigi Sacco, diretor da Faculdade de Artes, Mercado e Património de Milão, e de José Santos Soeiro, presidente do Instituto Financeiro do Desenvolvimento Regional.

Os outros painéis intitulam-se "Cultura/Inovação - Projeção global, criatividade, cultura fator de diferenciação e competitividade", "Cultura/Participação - Cidadania, Formação, Emprego, Bem Estar Social, a Cultura como fator de coesão e inclusão" e "Cultura/responsabilidade - Desafios Globais, Ambiente, Património Cooperação Territorial".

"s 16:00, o debate é aberto ao público e, pelas 16:30, a investigadora do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Vera Borges vai fazer a "síntese" do encontro. O encerramento está previsto para as 17:00.

A conferência é uma organização conjunta dos gabinetes dos secretários de Estado da Cultura e Adjunto da Economia e do Desenvolvimento Regional, António de Almeida Henriques.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG