Paisagens nórdicas do Prado em estreia no Arte Antiga

Entre 3 de dezembro e 31 de março, o Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), em Lisboa, terá patente a exposição "Rubens, Brueghel, Lorrain. A Paisagem Nórdica do Museu do Prado".

Esta é a primeira exposição em Portugal composta apenas por obras do Museu do Prado, em Madrid, e traz a Lisboa 57 pinturas de 31 mestres da paisagem do século XVII, como Rubens, várias gerações de Brueghel, David Teniers, Peeter Snayers, Simon de Vlieger, Jan Peeters, Claude Lorrain, entre outros.

A Everything is New é parceira da Direção-geral do Património nesta exposição, depois do sucesso da mostra de Joana Vasconcelos no Palácio Nacional da Ajuda.

Segundo Álvaro Covões, da Everyting is New, a sua empresa investiu 380 mil euros nesta exposição, que espera recuperar através das receitas de bilheteiras. "Depois de atingido o break even as receitas de bilheteiras serão repartidas em parte igual pelas duas partes", adiantou a diretora-geral do Património Cultural, Isabel Cordeiro.

Quem quiser visitar esta exposição tem ao seu dispor vários tipos de bilhetes - à venda a partir deste sábado - cujos preços vão de 2,5 euros (alunos universitários) até a 14 euros (dois adultos com dois filhos entre os 7 e os 18 anos). Todos os bilhetes podem ser ainda adquiridos em duas modalidades, além do bilhete normal, sem qualquer custo acrescido: acesso normal (válido para um dia da exposição com data marcada), acesso rápido (válido para um dia da exposição com data e hora marcada e tempo de espera máximo de 30 minutos).

Para quem pretender visitar também o MNAA existem bilhetes conjuntos desde 2,5 (universitários) até 27,5 euros (dois adultos com dois filhos).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG