Obra de Julião Sarmento vendida em leilão por 30 mil euros

Uma obra em técnica mista do artista plástico Julião Sarmento foi vendida na terça-feira à noite, num leilão, em Lisboa, por 30.000 euros, anunciou hoje a leiloeira Palácio do Correio Velho.

De acordo com a leiloeira, o leilão de Antiguidades e Arte Moderna e Contemporânea do Palácio do Correio Velho, com cerca de 800 lotes, iniciado na terça-feira, vai prosseguir hoje e quinta-feira.

Julião Sarmento, 65 anos, que em setembro deste ano foi distinguido com a oitava edição do Prémio de Artes Casino da Póvoa, foi alvo de uma grande exposição retrospetiva no Museu de Serralves, no Porto, no final de 2012.

No decorrer da sua carreira, tem utilizado uma enorme variedade de meios -- pintura, escultura, fotografia, filme, vídeo e instalação, e realizou, regularmente, exposições individuais e coletivas tanto em Portugal como no estrangeiro.

O artista representou Portugal na 46.ª Bienal de Veneza (1997). Foi incluído nas exposições de arte contemporânea Documenta 7 (1982) e Documenta 8 (1987), em Kassel, na Alemanha, nas Bienais de Veneza de 1980 e 2001 e na Bienal de São Paulo de 2002.

O seu trabalho está representado em diversas coleções públicas e privadas na Europa, América do Norte, América do Sul e Japão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG