Museu Berardo entre os dez melhores da Europa

O jornal 'The Guardian' elegeu o Museu Coleção Berardo um dos dez melhores museus gratuitos da Europa.

"Este espaço moderno está preenchido com obras vibrantes dos principais artistas do movimento pop art, como [Andy] Warhol, [Jackson] Pollock e [Roy] Lichtenstein, assim como trabalhos de grandes nomes como Picasso, Dali e Francis Bacon." Assim descreve Will Coldwell, do The Guardian, o Museu Coleção Berardo, que se encontra agora na lista dos dez melhores museus gratuitos europeus, elaborada pelo jornal britânico.

Segundo a mesma publicação, o Museu Coleção Berardo é "um recente e impressionante acréscimo na lista de atrações culturais em Lisboa", sendo ainda destacadas as suas exposições temporárias "focadas em artistas ou temáticas especificas".

Atualmente está patente no Museu Coleção Berardo a exposição "O Consumo Feliz. Publicidade e sociedade no século XX", que, como é referido no site da instituição, "apresenta uma seleção de mais de 350 obras da Coleção Berardo de Arte Publicitária, que no total reúne um conjunto de cerca de 1500 itens". No mesmo texto é ainda descrito que "este acervo possui um interesse inigualável, congregando exclusivamente originais de publicidade pintados à mão, miraculosamente salvos das contingências do tempo e da sua inevitável e habitual destruição".

A mostra, comissariada por Rui Afonso Santos, estará patente até ao próximo dia 30 de março.

Além do museu português, na lista dos dez melhores museus gratuitos europeus do The Guardian encontram-se ainda o Museu de Arte Moderna de Paris (onde se podem ver obras de arte de Picasso, Matisse, Braque, Modigliani ou Léger), o Museu Nacional da Dinamarca, o Museu de Belas-Artes de Nice, o Museu do Prado (Madrid), o Museu Florence Nightingale (Istambul), o Museu de Fotografia de Reiquejavique, o Museu Histórico da Libertação (Roma), o Arquivo da cidade de Amesterdão e o Memorial do Muro de Berlim.

O Museu Coleção Berardo abriu ao público a 25 de junho de 2007, estando instalado no Centro Cultural de Belém.

Segundo dados divulgados em julho do ano passado, desde a sua abertura que o museu já atingiu quatro milhões de visitantes, das quais 307 mil participaram em atividades do serviço educativo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG