Artista irlandês Duncan Campbell vence Prémio Turner 2014

O artista de origem irlandesa Duncan Campbell é o vencedor do Prémio Turner 2014, concedido pela Galeria Tate.

Campbell, 42 anos, foi escolhido pelo filme "It for others", concebido para o pavilhão da Escócia, na Bienal de Arte de Veneza, de 2013.

O filme, um "ensaio" de 54 minutos, constitui uma reflexão sobre a arte e a "importância da construção de valor e de sentido".

A obra inspira-se na curta-metragem "As estátuas também morrem", dos cineastas franceses Alain Resnais e Chris Marker, em 1953, que aborda, sob um ponto de vista crítico, a comercialização da arte tradicional africana, pelas potências coloniais (um filme exibido este ano, em Portugal, no âmbito do festival DocLisboa).

Ao longo de quase uma hora, Campbell atravessa ideologias, os seus "vazios" e os mecanismos que os sustentam, na sociedade atual, indo das teorias de Karl Marx, em "O Capital", e das imagens de vítimas do Exército Republicano Irlandês, que surgem em "merchandising" natalício, à análise de dispensadores de "ketchup".

O júri do Prémio Turner considera a obra de Campbell "complexa e ambiciosa", recompensando sempre o espetador a cada nova visão.

Nascido em Dublin, em 1972, Campbell fixou-se em Glasgow, na Escócia, onde trabalha. O artista fazia parte de uma lista de quatro finalistas para o Prémio Turner, que incluía igualmente os jovens artistas britânicos Ciara Phillips, James Richards e Tris Vonna-Michell.

O júri desta edição foi presidido pela diretora da Tate Britain, Penelope Curtis, seguida de Stefan Kalmar, diretor executivo da Artists Space, de Nova Iorque, e dos curadores Helen Legg, de Bristol, Sarah McCrory, da Bienal Internacional de Glasgow, e Dirk Snauwaert, diretor artístico da Wiels - Arte Contemporânea, de Bruxelas.

O Prémio Turner, concedido anualmente desde 1984, pela Galeria Tate, em Londres, é definido pelo setor artístico como o mais importante do Reino Unido para criadores com menos de 50 anos. O nome tem origem no pintor romântico Joseph William Turner.

Gilbert & George, Damien Hirst, Douglas Gordon, Grayson Perry e Steve McQueen estão entre vencedores das edições anteriores.

Exclusivos