Artista chinês goza com Angela Merkel

"Levo a Merkel a almoçar", escreveu o artista chinês dissidente Ai Weiwei no Twitter, aproveitando a visita da chanceler alemã à China para mostrar a irreverência que agrada ao mundo mas lhe tem causado problemas no seu país. A foto anexa ao anúncio era esclarecedora: tratava-se afinal de uma fotografia impressa em cartão da líder alemã.

Ai Weiwei, detido em 2011 por evasão fiscal e condenado a uma multa de 1,9 milhões de euros, uma pena considerada como uma represália por parte do governo da China, devido às suas constantes críticas ao governo do país, é muito muito popular na Alemanha. Numa das suas exposições no país mostrou mesmo as feridas com que ficou após a agressão policial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG