Sinfonias integrais de Beethoven às palestras sobre história

O Centro Cultural de Belém apresentou hoje a sua programação para 2014. Na música destaque para a apresentação das sinfonias integrais de Beethoven e no teatro assinalam-se os 450 anos de Shakspeare. Continuam os ciclos dedicados a debater a história, arte, língua e literatura.

Música

› Integral das sinfonias de Beethoven, interpretada pelo pianista italiano Givanni Bellucci. Raramente são apresentadas no seu conjunto, devido à sua complexidade, como acontecerá nos dias 19 de janeiro, 20 de abril, 12 de outubro e 21 de dezembro.

› Três Séculos de Quarteto com Piano interpretados pelo Moscow Piano Quartet, no dia 30 de março.

› Gisela João, que atuou no Pequeno Auditório em 2013 como revelação do fado, volta ao CCB com estatuto de certeza no dia 25 de janeiro. No Grande Auditório. Ricardo Ribeiro, Maria Ana Bobone, Lenita Gentil e Carminho também estão no programa.

› Carta branca a Manuela Azevedo, vocalista dos Clã, é um dos concertos integrados no CCBeat, vocacionado para um público mais jovem. Como o título indica, é dada oportunidade ao artista de criar um espectáculo em total liberdade criativa.

Teatro e dança

› "Macbeth", "Noite de Reis" (pelos Lisbon Players) e "António e Cleópatra" (encenado por Tiago Rodrigues), peças da autoria de William Shakespeare serão apresentadas no CCB assinalando os 450 anos do nascimento do escritor inglês.

› "Gata em Telhado de Zinco Quente", de Tennessee Williams, leva os Artistas Unidos ao Pequeno Auditório, entre 26 de setembro e 5 de outubro. Uma encenação de Jorge Silva Melo e interpretação de Catarina Wallenstein.

Literatura e humanidades

› "O repto da Europa", exposição que é inaugurada amanhã no âmbito dos 20 anos do CCB, resulta de uma colaboração com o Palácio Nacional da Ajuda, Palácio Nacional de Mafra e Paço Ducal deVila Viçosa. Apresenta estampas do século XVII e XVIII sobre a forma como eram vistas cidades europeias que faziam parte da Comunidade Económica Europeia em 1986, ano em que Portugal aderiu.

› Ciclos retoma uma programação que foi iniciada em 2013 e que, inspirada no que faz o Collège de France. História dePortugal, Literatura, Língua Portuguesa, Camões e a Mitologia, História da Ópera, Obras-Primas das Arte Portuguesa são alguns dos temas que são abordados nestas conversas com especialistas que decorrem todos os meses do ano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG