Sala onde atuou Carlos Gardel em risco de ser demolida

Importante centro de atividade artística e exemplar da arte deco na arquitetura argentina, a Casa Suiza pode ser demolida para dar lugar a um condomínio.

A sala de espetáculos Casa Suiza, na capital argentina, importante local da cena musical de Buenos Aires desde finais do século XIX até aos anos 90 do século passado, corre o risco de ser demolida, sendo o terreno aproveitado para a construção de um condomínio.

Construida no final do século XIX, a Casa Suiza viu a sua fachada ser alterada em estilo de arte deco em 1937 e foi uma das salas mais populares ao longo do tempo, até entrar em decadência.

Nela atuaram todos os grandes artistas argentinos, com destaque para o cantor de tangos Carlos Gardel. A Casa Suiza serviu ainda de refúgio ao movimento das Mães da Praça de Maio nos anos 70 do século XX.

Como local de espetáculos, foi encerrada em 2009. Propriedade da Sociedad Filantrópica Suiza, esta aceitou vender o edifício, localizado numa zona da cidade com alto valor imobiliário, para adquirir uma nova sede noutro local.

Um movimento popular procura impedir a sua destruição, recorrendo aos tribunais. Para já, conseguiram uma providência cautelar que suspende a demolição, que estava prevista para a semana de 8 a 14.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG