Dilma decreta sete dias de luto oficial em todo o país

A Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, decretou hoje um luto oficial de sete dias pela morte do arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer, que está a ser velado no Palácio do Planalto, em Brasília.

Na quarta-feira, a Presidente brasileira já havia emitido uma nota, na qual afirmava que o país perdera "um de seus génios".

Os governadores dos Estados do Rio de Janeiro, onde o arquiteto nasceu, e de Minas Gerais e do Distrito Federal - onde estão suas obras principais - já haviam decretado luto na quarta-feira.

Dilma Rousseff recebeu hoje, ao lado da viúva, Vera Lúcia, o corpo do arquiteto, falecido quarta-feira em São Paulo, aos 104 anos.

O caixão foi aberto há cerca de uma hora (às 17:00 locais, 19:00 em Lisboa) para a visitação do público em geral.

A estimativa da Polícia Militar é de que cerca de 2.000 pessoas já tenham passado para se despedir do ícone da arquitetura moderna.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG