A Páscoa não é só caça aos ovos. Até se fazem viagens espaciais...

Estão a chegar as férias da Páscoa. De norte a sul do país são muitas e variadas as sugestões. O melhor é escolher e marcar já lugar

Chegados às férias da Páscoa, muitos dos pais enfrentam a questão: onde deixar os filhos? Com duas semanas de férias, neste ano entre 21 deste mês e 1 de abril, são muitas as opções existentes de norte a sul do país, para todos os gostos e carteiras. Umas Didáticas, outras mais desportivas, pode escolher entre tanta coisa que vai da Terra ao espaço. Não acredita? Siga estas linhas...

Começamos pelo Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa. As férias didáticas deste imponente palácio, que inspira histórias de príncipes e princesas, funcionam por módulos, um de manhã e outro de tarde (cada um custa 8,5 euros). Há ateliês para todos os gostos, onde se pode aprender a criar joias ou a aprender sobre restauro, passando pela arte da jardinagem. Haverá visitas ao palácio e ainda teatros de fantoches (feitos pelas crianças). E, quando for buscar os mais pequenos, lembre-se que tem ali bem perto o Jardim Botânico da Ajuda, com espaço para correrias e encontros (inesperados) com os pavões que habitam o local.

O Museu Nacional de História Natural e da Ciência, na Rua da Escola Politécnica, resolveu "Semear a Páscoa". Tal como no Palácio da Ajuda, a programação divide-se por módulos, dois por cada dia, um de manhã entre as 09.30 e as 12.30, e outro de tarde, entre as 14.30 e as 17.00, em que cada um custa 12,5 euros. Aqui a oferta passa por várias oficinas ligadas à natureza e à ciência - como não podia deixar de ser. Os mais pequenos podem aprender (mais) sobre polinização, Newton, o equinócio de março. Ou matemática enquanto alinham sementes nos canteiros, milimetricamente. Ou fazer bolo-mármore com alfarroba do Jardim Botânico vizinho deste museu. O programa é extenso e apetecível.

Safaris e cozinhados

Mais a norte, em Santa Maria da Feira, o Visionarium abre as portas para todas as crianças entre os 6 e os 12 anos. Serão duas semanas de experiências, cada uma com o seu programa, desde safaris em busca de esquilos, garças-cinzentas e gralhas a sessões de cinema com drive-in. Com drive-in? E onde está o carro? Vão fazê-lo, pois claro! Por aqui também se viaja pelo corpo humano e se o seu filho for fã de dinossauros há um dia inteirinho para ser paleontólogo de corpo e alma. As atividades têm um preço diário de 15 euros, se optar pelo pacote completo das duas semanas são cem euros (os almoços não estão incluídos e têm um custo adicional de cinco euros).

No Porto, a Fundação de Serralves promove a vivência em grupo com as suas oficinas de carácter lúdico (organizadas por faixa etárias) ou então com aulas de iniciação à equitação. A fundação recebe minicozinheiros construtores, desenhos que se mexem, e até vai promover uma viagem na Nave Solar da Terra! Já as aulas de equitação são apenas a partir de crianças com 6 anos. Os preços variam entre os 70 e os 170 euros para as oficinas, e entre 145 e 170 euros para as aulas de equitação.

Em Coimbra, o Teatrão pede para as crianças se porem em sentido. É isso mesmo. Entre 21 e 24 deste mês, a companhia de teatro irá, todas as manhãs, percorrer os espaços militares da cidade para que os mais pequenos se divirtam e criem, através de ferramentas de expressão dramática, contos, histórias e aventuras. As atividades decorrem entre as 09.00 e as 13.00, e têm um custo de 40 euros.

O Museu da Chapelaria e a Biblioteca Municipal de São João da Madeira também criaram o seu programa de férias para crianças. Nestes dois espaços há oficinas para todos os estilos: desde a leitura às artes plásticas, passando pela culinária e pelas oficinas criativas. Há ainda exposições e horas do conto, tudo a partir de 20 euros (por cinco dias) ou por 27 euros, se pretender inscrever os miúdos nove dias.

Quem também tem um programa de férias é o Woop, o centro de entretenimento familiar em Lagos. Com programas para cada uma das duas semanas de férias, as crianças poderão experimentar artes circenses, ir a bailes no castelo ou desfrutar do dia dedicado à Fun Art, que terá teatros de fantoches. Os preços são de 60 euros para a primeira semana e de 75 euros para a segunda. Incluídos estão os almoços e os lanches dos miúdos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG