'O Segredo' de uma 'miss'

PAULA MOURATO

ORLANDO ALMEIDA (fotos)

Fernanda Schmelz. Nasceu no Zimbabwe, filha de pai português e mãe sul-africana. Foi rainha de beleza e hoje é uma empresária de sucesso em Portugal

A rapidez dos tempos modernos mostra-nos que o amor já não é nenhum conto de fadas, mas ainda há quem tenha vivido histórias românticas. Por trás desta rainha perduram momentos mágicos e vivências inesquecíveis, um sonho de busca eterna, pela qual ela foi capaz de empenhar até a coroa e de enfrentar os demónios do medo. Fernanda - primeiro Alves depois Schmelz - não tem sangue real, mas foi rainha da beleza internacional no Japão em 1996. Desde essa noite que vive o seu conto de fadas, subiu ao trono e reina na sua vida ao lado do multimilionário alemão Matthias Schmelz.

Com apenas seis anos, Fernanda já sonhava ser miss. Vivia com os pais e mais três irmãos em Joanesburgo, na África do Sul, e apesar da tenra idade pairava nela a certeza de uma carreira profissional ligada à moda ou às crianças. Por conselho de um pai perfeccionista, cedo percebeu que "quem toca muitos burros deixa algum para trás". A escolha foi a passerelle.

Renitente em deitar por terra parte do sonho, ingressou na UNISA, onde optou pelo curso de Psicologia Infantil. E foi nessa universidade que deixou latente a sua sede de saber mais sobre a infância. A ideia de aplicar os conhecimentos do curso à sua profissão deixou de ter destaque nas suas paixões mais imediatas quando ganhou o primeiro concurso de beleza Miss Teenage, em 1992. Seguiu-se Miss Comunidade Portuguesa quatro anos mais tarde e nesse mesmo ano veio para Portugal concorrer a Miss Portugal.

"Dediquei-me ao sonho sempre com a ajuda do meu pai. Preparei-me com ginástica, cuidados alimentares, lia biografias de misses e via filmes. Num caderno, que ainda hoje tenho, apontava cada pergunta e resposta e depois estudava", contou ao DN gente.

Com as vitórias como miss, chegaram as experiências de modelo. Trabalhou para a L' Oreal e para o costureiro José Carlos, ficando definitivamente magnetizada pelo contacto com um mundo novo de glamour e diferentes culturas. E foi no concurso Miss Portugal que conheceu Matthias Schmelz, radicado no país há três anos. Sem convite, o empresário alemão decidiu ir ao Casino Estoril para se apaixonar à primeira vista. Não perdeu tempo e no dia seguinte telefonou para casa da avó dela, "que também se chama Fernanda Alves", explicou entre risos. Esse equívoco cometeu-o antes de viajar até ao Japão para a ver ganhar o concurso de Miss Internacional. "Queria-me surpreender e no momento que entro em palco a primeira pessoa que vejo à minha frente é o Matthias logo na terceira fila."

Apesar de ter mais 16 anos que Fernanda, Matthias conquistou-a e alterou o seu regresso à África do Sul. O namoro desenvolveu-se sem planos de matrimónio, até que em Fevereiro de 1998 viajaram para a Costa Rica. "Numa manhã vem ter comigo e pede-me em casamento, digo que sim e ele informa-me que o casamento seria dentro de duas horas. Até o padre chegou num barquinho com o bolo, as flores e os documentos... foi muito engraçado", referiu. Matthias acabou por se revelar um autêntico "príncipe encantado" ao repetir a façanha secreta duas vezes: em 2001, em Lost Sun City, na África do Sul, e em 2006, nas Victorian Falls, perto do local onde Fernanda nasceu.

Pelo caminho, perdeu-se uma psicóloga, mas nasceu uma empresária de sucesso. Fernanda ainda Alves foi trabalhar para a Fénix Lusitana, criando as áreas de animação e marketing e hoje, além de adjunta do marido na direcção, é responsável pela revista mensal da empresa. Por acreditar no best-seller O Segredo, num dos seminários onde esteve com o marido, Fernanda conheceu um dos colaboradores do livro e acabou por participar no Wake up and Live the Life you Love, escrevendo sobre a paixão. A interajuda está presente na sua vida abraçando causas humanitárias e cívicas. Sempre se guiou pelo optimismo, sente-se por isso uma "rainha" feliz... acredita que para sempre.|