Jornalista que abalou o Brasil posou nua

Mónica Veloso, a jornalista que abalou a República brasileira, vai ser capa da revista Playboy deste mês, que sai para as bancas na próxima terça-feira.

Mónica Veloso esteve recentemente no centro do escândalo que envolveu o presidente do Senado brasileiro, Renan Calheiros, sobre quem recaíram suspeitas de receber dinheiro de um lobista e assessor da construtora Mendes Júnior. O caso, que ficou conhecido como Escândalo de Renangate, quase levou à cassação de Renan Calheiros, que acabaria por ser absolvido. Mónica Veloso surge no centro do escândalo porque o dinheiro que Renan receberia de tal assessor estaria a ser entregue num envelope à jornalista a título de pensão mensal à filha de três anos que ambos tiveram durante uma relação extraconjugal (Renan é casado).

Renan Calheiros defendeu-se, afirmando que o dinheiro não pertencia à construtora, sendo, sim, proveniente da venda de gado das fazendas.

Com o escândalo ainda na memória dos brasileiros, até porque o senador enfrenta ainda três acusações de falta de decoro, Mónica Veloso aceitou posar nua para a Playboy e anunciou que, em Novembro, vai lançar um livro sobre os bastidores de Brasília. "Não fala de nenhum político especificamente, fala das relações em Brasília, como é a relação entre fonte e veículos de informação", disse a ex-jornalista da Globo, agora celebridade. |

Ler mais

Exclusivos