Governo mudou perfil 'online' de Sócrates

A biografia de José Sócrates na Wikipedia - uma enciclopédia online em que as entradas são manipuláveis pelos internautas - foi alterada a partir do próprio Governo. O facto foi ontem avançado pelo blogue Zero de Conduta, no qual participa um assessor de imprensa do Bloco de Esquerda.

A descoberta baseou-se num instrumento recentemente surgido na Web, o Wikiscanner (http/wikiscanner. virgil.gr/). Trata-se de um site através do qual se podem localizar os IP (números dos servidores) dos computadores a partir dos quais são feitas as alterações das entradas na Wikipedia (cuja versão em português é consultável em http/pt.wikipedia.org/). O Wikiscannerpermitiu, por exemplo, saber que o perfil do Presidente do Irão, Mahmoud Ahmadinejad, tinha sido alterado a partir de um computador da CIA. Ou que alguém no Vaticano mudara o texto sobre Gerry Adams, líder do Sinn Féin.

Segundo o Zero de Conduta, quando rebentou o polémica sobre a licenciatura de José Sócrates na Universidade Independente (UnI), deram-se alterações ao perfil do primeiro-ministro naquela enciclopédia online a partir do IP 193.47.185.124. Ora esse número pertence ao CEGER (Centro de Gestão da Rede Informática do Governo). As alterações detectadas a partir desse IP foram no sentido de lhe retirar controvérsia e também referências de índole pessoal/familiar.

O site do CEGER indica as suas várias missões. "Por delegação do Primeiro-Ministro o Ceger funciona na Presidência do Conselho de Ministros, na directa dependência do Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros. O Ceger dá suporte à governação nos domínios das tecnologias da informação e comunicação. Compete-lhe garantir a utilização mais eficaz das tecnologias da Informação e comunicação, e particularmente da Internet, para criar melhor Governo." Rui Sil- va, coordenador operacional do CEGER que falou ao DN em substituição do director, Alexandre Caldas, disse não poder fazer comentários ao caso, remetendo-os para a tutela política.

David Damião, assessor de imprensa do primeiro-ministro, negou ao DN que as mudanças tenham sido feitas a partir do Centro de Gestão da Rede Informática do Governo, alegando que este "não opera com conteúdos". Negou também que as alterações no sentido de "corrigir falsidades" tenham sido feitas por instruções directas do primeiro-ministro.

Sobre o facto de algumas dessas mudanças surgirem associadas ao IP do Centro de Gestão da Rede Informática do Governo é "normal" porque os computadores governamentais estão ligados a esse servidor. David Damião admitiu que, de facto, as mudanças possam ter sido introduzidas por pessoal do gabinete do primeiro-ministro, do seu secretariado ou até do Governo em geral.

Na própria entrada sobre Sócrates é consultável o histórico sobre as alterações que lhe foram sendo introduzidas (http/pt.wikipedia.org/w/ index.php?title=Jos%C3%A9_S%C 3%B3crates&action=history).

Uma das últimas tentativas, alterada depois por um administrador do site, apresentava já a data da morte do primeiro-ministro (4 de Novembro deste ano) e o local(Santa Maria de Belém). E na profissão constava, em vez de "político", "construtor civil". Dizia que José Sócrates era o "pedreiro mais bem pago" de Portugal.

Este texto não está imediatamente disponível na entrada sobre o primeiro-ministro na versão portuguesa da Wikipedia (http/pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_s%C3%B3crates). Encontra-se apenas consultando o seu histórico.|

Ler mais

Exclusivos