SIC ganha direitos do Mundial de 2006

A SIC garantiu ontem o exclusivo em sinal aberto do Campeonato do Mundo de Futebol, que se realiza no próximo ano na Alemanha.

A decisão foi tomada ao início da noite de ontem, depois de um intenso braço-de-ferro entre as duas estações privadas portuguesas.

As negociações com a Sport TV (que havia ganho o exclusivo para Portugal da competição da FIFA), arrastavam-se há já longas semanas e terminaram ontem. No leilão final do pacote de jogos que serão exibidos em sinal aberto, a televisão de Francisco Pinto Balsemão foi a que chegou mais longe.

Em causa estão 12 jogos o da abertura da competição, os três da selecção de Portugal na fase de grupos, quatro dos oitavos-de-final, dois relativos aos quartos-de-final, as duas meias-finais e a final da prova. "Vamos exibir todos os jogos que Portugal realizar e acompanhar tudo o que se passará na Alemanha, de forma contínua e completa", afirmou ontem à noite o director de programas da SIC, Francisco Penim, entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias.

Apesar de o valor pago permanecer em sigilo, fonte ligada ao processo disse ao DN que a televisão de Pinto Balsemão terá avançado com uma "proposta progressiva que poderá chegar aos sete milhões de euros", dependente do comportamento competitivo da equipa portuguesa.

Uma corrida a que a RTP renunciou a meio do processo, quando entendeu que o esforço financeiro que seria obrigada a fazer para acompanhar a "pedalada" das privadas era superior aos dividendos publicitários expectáveis. Recorde-se que, de acordo com o contrato de concessão do serviço público, à RTP só é permitida a emissão de seis minutos de publicidade por hora, enquanto o limite para as privadas é de 12 minutos.

Nos últimos dois meses, a SIC já tinha manifestado reiterada e publicamente a sua intenção de apostar fortemente no futebol.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG