Ganhar notoriedade é o objectivo do canal

"As audiências não são a nossa maior preocupação neste momento. A principal preocupação é adquirir notoriedade e ver como as crianças reagem a um canal com 24 horas de programação infantil", referiu Lorenzo De Stefani, director do Nickelodeon Portugal, à margem de uma festa dedicada aos mais novos realizada na terça-feira, na Estufa Fria, em Lisboa. Este evento teve como objectivo aproximar fisicamente as crianças do novo canal infantil, lançado no dia 1 deste mês e que integra o pacote Funtastic Life da TV Cabo.

Este novo serviço digital da operadora, apenas acessível a quem tem a nova power box, já abrange 100 mil clientes, de acordo com Vera Pinto Pereira, responsável pelo marketing estratégico da TV Cabo. A adesão aos novos canais corresponde às expectativas da empresa distribuidora.

O Nickelodeon é um canal que quer desempenhar "um papel na relação entre os pais e os filhos", segundo Lorenzo De Stefani. O público-alvo do Nickelodeon situa-se na faixa etária entre os quatro e os 14 anos. A versão portuguesa é a 27.ª a ser lançada no mundo e oferece uma programação totalmente dobrada em português de Portugal. As dobragens são realizadas por uma equipa de 20 pessoas que inclui vozes, um director de dobragem e tradutores. São os próprios responsáveis pelo canal que fazem a selecção das vozes.

Em Londres, seis pessoas trabalham exclusivamente para o Nickelodeon Portugal, enquanto no nosso país a equipa é composta por quatro profissionais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG