Premium As máquinas que vigiam os nossos 'posts'

Das mais recentes tecnologias de inteligência artificial aos bons e velhos olhos humanos, só com vigilância apertada as empresas que desenvolvem as redes sociais podem tentar garantir que os utilizadores cumprem as regras estabelecidas.

Todos os dias, 24 horas por dia, sete dias por semana, cerca de 15 mil pessoas distribuídas por duas dezenas de centros espalhados pelo mundo leem dois milhões de posts e avaliam se este conteúdo está de acordo com as normas de publicação do Facebook - proibição de nudez ou de atos que incitem à violência, por exemplo.

Estes números, facultados ao DN pela empresa, são, à primeira vista, impressionantes. Mas tornam-se quase pequenos quando vistos na perspetiva global: a maior rede social do mundo tem, segundo os dados mais recentes, 2,27 mil milhões de utilizadores ativos - quase um terço da população mundial - que, em média, publicam diariamente 350 milhões de fotografias. E a cada minuto que passa o botão Gosto é clicado quatro milhões de vezes (dados da consultora Brandwatch).

Ler mais