Vaticano celebra 'Big Bang' para afastar o conflito fé-ciência

Festejos para celebrar a teoria do 'Big Bang' decorrem de 9 a 12 de maio no Observatório do Vaticano

O Vaticano anunciou hoje que vai comemorar a teoria do 'Big Bang' a partir de terça-feira, em homenagem a um cosmólogo jesuíta, para combater a noção da existência de conflito entre a fé e a ciência.

O Observatório do Vaticano convidou alguns dos principais cientistas e cosmólogos do mundo para falar de buracos negros, ondas gravitacionais e singularidades do espaço-tempo.

As conferências vão decorrer de 09 a 12 de maio no Observatório do Vaticano, fundado pelo papa Leão XIII, em 1891, para ajudar a eliminar a ideia de que a Igreja Católica Romana era contra a ciência.

A comemoração é uma homenagem a Georges Lemaître, um cosmólogo jesuíta considerado um dos pais da ideia de que o universo começou com uma explosão gigantesca.

O chefe do Observatório, Guy Consolmagno, disse que as pessoas podem acreditar em Deus e na teoria do 'Big Bang' sem que isso implique um conflito.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Sociedade
Pub
Pub