Sony leva jogos sociais para o 'smartphone'

O novo conceito de jogo chega a 5 de julho e quer atrair um público mais alargado para a PlayStation

Uma das maiores apostas da Sony Interactive Entertainment em Portugal será o novo conceito de jogo PlayLink, que irá sincronizar a ação na consola com smartphones e tablets. Os dispositivos móveis poderão funcionar como comandos e segundos ecrãs do jogo, permitindo juntar a família ou amigos à volta da PlayStation.

"No mercado português há uma grande procura pelos jogos sociais, e por isso a PlayLink vai ser uma aposta muito forte", adiantou ao DN a responsável pela Sony Interactive Entertainment Ibérica e Mediterrâneo, Liliana Laporte, durante a feira de videojogos E3, que está a decorrer em Los Angeles (EUA). Esta é uma nova categoria, "que faltava à PS4", comenta a responsável. Os dispositivos iOS e Android terão uma aplicação móvel dedicada e vão funcionar como extensões dos jogos, que serão concebidos para ambientes multijogador.

O primeiro título PlayLink será És tu! e põe os jogadores a tirarem fotos e a fazerem perguntas sobre cada um. Chega a Portugal a 5 de julho, seguido de Hidden Agenda, um thriller narrativo, Frantics, uma coleção de minijogos, SingStar Celebration, o já famoso jogo de karaoke, e Knowledge Is Power, uma competição de conhecimentos.

Com uma quota de mercado extraordinária em Portugal, historicamente superior a 80%, a Sony pretende alargar a sua base de jogadores para lá dos alvos tradicionais - os hardcore gamers. Liliana Laporte aponta que a indústria está num ponto de viragem e que dois dos títulos exclusivos mais esperados para PlayStation 4, Uncharted: O Legado Perdido e Horizon Zero Dawn: The Frozen Wilds têm mulheres como protagonistas.

"Ainda há muito por fazer, e é importante o facto de darmos mais visibilidade aos jogos sociais, o que aprendemos do mercado de telemóveis, e construir jogos que têm como protagonistas mulheres", disse a executiva portuguesa, referindo-se a este alargamento do público-alvo.

Segundo as pesquisas da Sony, os portugueses têm uma grande apetência por jogos que possam ser integrados na vida familiar e é por isso que a PlayLink será central na estratégia. "Vamos apostar muito fortemente em todo o conceito de jogos sociais. A parte de introduzirmos como comando o smartphone permite ter mais funcionalidades - tirar fotografias, escrever. Já vimos em plataformas anteriores o sucesso que foi."

A outra aposta será em jogos ligados ao desporto, e há ainda uma terceira área em que a PlayStation Portugal quer investir: os jogos do tipo shooters. É aqui que o novo Call of Duty: WWII será importante, acredita a executiva.

Neste momento, a empresa tem a decorrer a campanha promocional "Days of Play", que decorre até 21 deste mês e dá descontos nas consolas, jogos e acessórios. Vai também estar na Lisboa Games Week, lá mais para o final do ano, e em janeiro de 2018 terá a terceira edição da PlayStation Talents, uma competição que convida criadores a desenvolverem jogos para a plataforma com o intuito de ajudar o vencedor a ter sucesso mundial.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

Pub
Pub