Sacrificou o Tesla para salvar uma vida. Elon Musk vai pagar os estragos no carro

Alemão danificou o Tesla Model S para travar um carro com um condutor inconsciente. A história chegou ao dono da Tesla Motors, que se ofereceu para compensar a boa ação

A história foi contada pela imprensa alemã e reproduzida em vários meios de comunicação e blogs por todo o mundo: um condutor alemão de 41 anos, Manfred Kick, conduzia o seu Tesla Model S pela autoestrada perto de Munique quando reparou num automóvel que ziguezagueava pela via.

Ao volante do veículo sem rumo, um Volkswagen, seguia um homem inconsciente, reparou Kick, que prontamente delineou um plano para impedir o acidente em potência e salvar a vida do outro condutor. Chamou os bombeiros e conseguiu atravessar-se na frente do Volkswagen, começando a travar de forma controlada até que o veículo embateu no para-choques do Tesla, perdendo velocidade. Kick continuou a travar até que, finalmente, o Volkswagen se imobilizou, não sem que antes os automóveis tivessem sofrido danos significativos: o arranjo dos dois vai ultrapassar os dez mil euros.

O condutor do Tesla conseguiu então abandonar o automóvel e prestar primeiros socorros ao outro indivíduo, que terá tido um enfarte, até que chegaram os serviços de emergência. A boa ação de Kick não passou sem nota e os bombeiros de Munique colocaram imagens e informação no Facebook.

Quando o blog norte-americano Jalopnik, para aficionados de automóveis, contou a história, houve um leitor que se sentiu particularmente tocado: Elon Musk, o dono da Tesla Motors.

Decidido a não deixar que o bom samaritano arcasse com as despesas, Musk partilhou a história no Twitter e anunciou que vai pagar os estragos que resultaram do salvamento. "Parabéns ao dono do Tesla que sacrificou o próprio carro para conseguir fazer parar em segurança um automóvel com um condutor inconsciente", escreveu num primeiro 'tweet'. "Em agradecimento, a Tesla vai realizar a reparação sem quaisquer custos e de forma rápida", acrescentou.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular