Rapaz de 15 anos e rapariga de 13 viviam casados em Aveiro

Foram detidos dois casais, com idades entre os 35 e os 38 anos

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro disse, esta quinta-feira, ter encontrado duas crianças, um rapaz de 15 anos e uma rapariga de 13, que viviam como um casal.

A situação estará relacionada com um "casamento cigano", diz o Jornal de Notícias, que cita ainda um comunicado das autoridades.

Foram ainda detidos mais dois casais, com idades entre os 35 e os 38 anos, em Albergaria-a-Velha, após várias buscas domiciliárias, no âmbito de uma operação de combate à criminalidade violenta.

"No decurso de uma delas constatou-se que dois menores, ela com 13 anos de idade e ele com 15, viviam maritalmente, em condições análogas às dos cônjuges" que foram detidos, diz o comunicado da PJ, de acordo com o JN.

O jovem casal vivia na casa dos pais do rapaz e terão casado em janeiro deste ano, com o consentimento dos pais de ambos. A rapariga foi entretanto retirada da habitação e entregue a um centro de apoio.

Ainda de acordo com o mesmo jornal, os dois casais mais velhos estão "fortemente indiciados" por abuso sexual de menores.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular