Quatro dias de fiscalização da GNR com centenas de infrações

A GNR contabilizou 217 infrações por causa do cinto, em 12.208 condutores fiscalizados

A GNR intensificou durante quatro dias a fiscalização do uso de cinto de segurança e sistemas de retenção para crianças e contabilizou 217 infrações por causa do cinto, em 12.208 condutores fiscalizados.

Segundo um comunicado da GNR hoje divulgado a fiscalização incidiu também sobre o uso indevido de telemóvel, tendo o número de infrações sido pouco inferior às relacionadas com o cinto, 204 casos.

Quanto ao sistema de retenção para crianças foram identificadas 29 infrações, a maior parte nos distritos de Braga, Leiria e Porto.

O Porto foi também o "campeão" destacado nas infrações quanto ao cinto de segurança, seguido por Leiria, e no uso irregular de telemóvel foi Aveiro onde se registaram mais infrações, seguido do Porto e depois de Lisboa.

A fiscalização foi feita de quinta-feira a domingo, especialmente em estradas no interior das localidades, e em estradas nacionais, regionais e municipais.

A GNR diz no comunicado que perante os números a corporação "continuará a realizar diversas operações de cariz preventivo".

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular