Mais quatro meios aéreos ajudam no combate ao incêndio

O número de meios aéreos sobe assim para 14

O número de meios aéreos que ajudam no combate ao incêndio que lavra em Pedrógão Grande, distrito de Leira, subiu para 14, aos quais se juntam 1.139 operacionais e 373 viaturas, de acordo com dados da Proteção Civil.

Às 14:15 de hoje, o incêndio que deflagrou na tarde de sábado e já provocou 63 vítimas mortais, estava a ser combatido por mais de 1.100 operacionais, apoiados por 352 viaturas e dez meios aéreos, mas às 17:30 esta contabilização já havia aumentado.

De acordo com a informação divulgada na página na Internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), este é o incêndio que continua a envolver mais recursos no terreno.

Em todo o país existem neste momento cinco grandes fogos a lavrar nos distritos de Castelo Branco, Coimbra, Leiria, que estão a ser combatidos por 2.137 operacionais, 667 veículos e 21 meios aéreos.

Também no distrito de Leiria, mas no conselho de Alvaiázere (incêndio que deflagrou pelas 20:40 de sábado) encontram-se 114 bombeiros, apoiados por 35 veículos.

Segundo informação da ANPC, no distrito de Castelo Branco, continua em resolução (incêndio sem perigo de propagação para além do perímetro já atingido) o fogo que lavra desde cerca das 18:10 de sábado no concelho de Oleiros, na freguesia de Orvalho, e que está a ser combatido por 113 operacionais, auxiliados por 39 viaturas e um meio aéreo.

No distrito de Coimbra existem dois incêndios em curso, nos concelhos de Penela e Góis. A maior ocorrência verifica-se em Góis, com o fogo que deflagrou pelas 15:00 de sábado e que está a ser combatido por 650 bombeiros, auxiliados por 183 veículos e três meios aéreos.

Já no concelho de Penela, o combate ao fogo está a ser feito em duas localidades (Podentes e Espinhal), com 152 operacionais, 48 viaturas e três meios aéreos.

Em todo o país, existem 10 incêndios em curso, que mobilizam 2.155 operacionais, 666 veículos e 21 meios aéreos.

A estes juntam-se mais oito incêndios em fase de resolução, que envolvem 209 bombeiros, 66 veículos e dois meios aéreos.

Em fase de conclusão encontram-se mais 31 incêndios, combatidos por 379 operacionais, 117 viaturas e um meio aéreo.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Sociedade
Pub
Pub