Fogo em Cantanhede reativou hoje à tarde com uma frente "muito rápida e forte"

Patrícia Gaspar confirmou o corte da A14 - Autoestrada do Baixo Mondego, nos dois sentidos, ao quilómetro 32

O fogo no concelho de Cantanhede, distrito de Coimbra, que deflagrou ao início da tarde de sexta-feira, reativou hoje à tarde com uma frente "muito rápida e forte", disse à agência Lusa Patrícia Gaspar, da Proteção Civil.

"Reativou hoje à tarde, ganhou uma frente muito rápida e forte", afirmou, em declarações via telefone, a adjunta nacional de operações da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), acrescentando que esta frente tem uma extensão de cinco a seis quilómetros.

Patrícia Gaspar referiu que existem várias povoações na zona desta reativação, precisando que no terreno estão 294 operacionais, 91 veículos e três meios aéreos.

Uma quinta que acolhe eventos, na localidade de Lamarosa, concelho de Coimbra, foi evacuada "por uma questão de precaução", tendo sido retiradas cerca de 250 pessoas que estavam numa festa de casamento, disse à agência Lusa Patrícia Gaspar.

A adjunta nacional confirmou ainda o corte da A14 - Autoestrada do Baixo Mondego, nos dois sentidos, ao quilómetro 32.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Sociedade
Pub
Pub