Greves na Saúde e Educação em janeiro e fevereiro

O congelamento nas carreiras e a precariedade são duas das queixas comuns na Saúde e Educação e que vão levar a duas greves nas próximas semanas.

Os trabalhadores dos setor da saúde vão avançar para a greve no próximo dia 20 de janeiro. A lista de motivo que está na origem desta paralisação não é nova e é extensa e inclui o descongelamento das progressões nas carreiras, a aplicação do horário semanal das 35 horas para todos, independentemente do vínculo, e a resolução do problema da precariedade.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular