Fones da Beats explodiram. Apple culpa fabricante de baterias

Empresa recusa indemnizar a mulher que ficou ferida no rosto durante um voo quando os fones explodiram.

A mulher que ficou ferida no rosto depois dos fones da Beats terem explodido durante um voo entre Pequim, na China, e Melbourne, na Austrália, não vai ser indemnizada pela Apple, que comprou a Beats em 2014.

Segundo o site de notícias australiano Adelaide Now, a investigação da Apple ao incidente concluiu que a causa da explosão foi o uso de pilhas AAA de terceiros. A mulher queria ser ressarcida do custo dos fones e das roupas que ficaram danificadas pelo incêndio.

A mulher, que não quer ser identificada, disse num comunicado estar desapontada com a decisão. "os fones não funcionam sem as pilhas, mas em nenhum lado nos fones - ou na embalagem - diz especificamente que marca de pilhas devem ser usadas".

O modelo em causa é antigo, tendo sido comprado em 2014, que requer pilhas para funcionar.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular