Dois mortos e dois feridos. Rixa e troca de tiros em Lisboa

A troca de tiros aconteceu por volta das seis da manhã à porta de uma discoteca. PJ está investigar o caso

Quatro jovens foram hoje baleados durante uma rixa à porta de uma discoteca na zona de Alcântara, em Lisboa.

Fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP adiantou que o alerta foi dado às 06:20 da manhã de hoje e que quando a polícia chegou ao local, à porta da discoteca Luanda na travessa Teixeira Júnior, já não encontrou os autores dos disparos.

Uma das vítimas, baleada nas costas com dois tiros, que foi levada para o Hospital São Francisco Xavier, em estado muito grave para ser submetido a uma intervenção cirúrgica acabou por morrer, confirmou ao DN fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP

Outra das vítimas que foi levada no Hospital Santa Maria em estado grave também não resistiu aos ferimentos, segundo adianta o Jornal de Notícias.

A PSP e o INEM estiveram no local, bem como a Polícia Judiciária, que vai investigar o incidente.

Deram também entrada no Hospital de Santa Maria dois feridos, que segundo o Jornal de Notícias, "não correm risco de vida".

As vítimas, da zona de Loures, têm idades compreendidas entre os 18 e os 20 anos e segundo adianta o mesmo jornal a "rixa foi originada por um ajuste de contas entre dois grupos rivais."

Em abril de 2000, morreram sete pessoas e 40 ficaram feridas quando foram lançadas para pista de dança duas granadas de gás pimenta.

[Notícia em atualização]

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Últimas notícias

Somados, os candidatos presidenciais dos dois grandes partidos franceses não chegaram sequer a 30% dos votos na primeira volta das presidenciais. Uma crise do centrão que foi mortífera na Itália dos anos 1990, arrasadora na Grécia da austeridade e se faz sentir também hoje em Espanha. Veremos se se confirmará em França, que tem legislativas em junho. Um P&R para perceber melhor.

Partilhar

Conteúdo Patrocinado

Mais popular