Soares o mais votado, Cavaco o menos

Meia dúzia de perguntas e respostas sobre a história das eleições presidenciais no dia em que 9,7 milhões de eleitores estão convocados para escolher entre as dez personalidades candidatas

Quem foi o Presidente eleito com mais votos?

Mário Soares, na sua reeleição de 13 de janeiro de 1991. Obteve 3,45 milhões de votos, correspondentes a 70,3% dos votos expressos. Soares esmagou o centrista Basílio Horta (696 mil votos, 14,1%), o comunista Carlos Carvalhas (635 mil votos, 12,9%) e o dirigente da UDP Carlos Marques (126 mil votos, 2,6%). A abstenção foi de 37,8% (3,1 milhões de eleitores). O PSD de Cavaco Silva governava com maioria absoluta e não teve nenhum candidato próprio, apoiando Soares.

Quem foi o Presidente eleito com menos votos?

Cavaco Silva, na reeleição de 23 de janeiro de 2011. Obteve cerca de 2,23 milhões de votos, correspondentes a uma percentagem de 52,9%.Cavaco venceu Manuel Alegre (831 mil votos, 19,7%), Fernando Nobre (593 mil votos, 14%), José Manuel Coelho (189 mil votos, 4,5%) e Defensor de Moura (67 mil votos, 1,6%). Na primeira eleição, em 2006, Cavaco havia obtido 2,7 milhões de votos (50,5%). Nesta eleição ocorreu a maior abstenção de sempre em presidenciais: 53,4%, ou seja, 5,1 milhões de eleitores ficaram em casa (ver gráfico).

Quando ocorreu a menor abstenção?

Nas presidenciais de 7 de dezembro de 1980 (ver quadro), que reelegeram o general Ramalho Eanes : só faltaram às urnas 15,6% dos eleitores (ou seja, cerca de um milhão, em 6,9 milhões de recenseados). Com 3,2 milhões de votos (56,4%), Eanes venceu na primeira volta o general Soares Carneiro, candidato apoiado pela coligação (que governava) entre o PSD, o CDS e o PPM, e ainda Otelo Saraiva de Carvalho, Galvão de Melo, Pires Veloso e Aires Rodrigues. Três dias antes tinha morrido o primeiro-ministro, Sá-Carneiro, e o ministro da Defesa, Amaro da Costa, na queda de um avião Cessna que os transportava para um comício de Soares Carneiro.

Quantas vezes houve segunda volta?

Uma única, em 16 de fevereiro de 1986, entre Freitas do Amaral (apoiado pelo PSD e CDS) e Mário Soares (apoiado na segunda volta por toda a esquerda). Nas eleições presidenciais mais dramáticas de sempre, Soares venceu Freitas com uma diferença de apenas 138 mil votos (pouco mais do que a lotação do velho da Estádio da Luz, que levava 120 mil pessoas). Ou seja, cerca de três milhões de votos (51,2%) para Soares, contra 2,8 milhões (48,8%) para Freitas. Soares passou à segunda volta com apenas 25,4% (1,4 milhões de votos), vencendo os restantes candidato da esquerda (Salgado Zenha e Maria de Lurdes Pintasilgo). Com 46,3% (2,6 milhões de votos), Freitas do Amaral por pouco não venceria logo à primeira. Revelou-se decisivo para a vitória de Soares o apoio que o PCP lhe deu, que o partido dramatizou com a realização de um congresso extraordinário.

Alguém teve o "pleno" dos partidos parlamentares?

Sim, Eanes - mas não numa só eleição. Na primeira, em 1976, obteve o apoio do PS, PSD e CDS - e até do MRPP. Venceu com 61,6% (2,9 milhões de votos). Na reeleição, em 1980, o general já não contou com o apoio da direita (PSD+CDS), que fez avançar Soares Carneiro. Mas voltou a contar oficialmente com o apoio do PS e ainda, pela primeira vez, com o do PCP. Foi reeleito com 3,2 milhões de votos (56,4%). No cômputo geral das suas duas eleições, Mário Soares esteve à beira de conseguir este "pleno" mas faltou-lhe sempre o CDS. Na reeleição de 1991, teve consigo o PSD mas os centristas apoiaram Basílio Horta.

O PCP leva sempre os seus candidatos a votos?

Não. Em 1980 apoiou a reeleição de Eanes e em 1996 esteve com Jorge Sampaio - além de em 1986 ter apoiado Soares na 2ª volta. O mais votado dos candidatos comunistas foi Carlos Carvalhas, em 1991 (reeleição de Soares). Obteve 635 mil votos (12,9%). Em segundo lugar neste "score" fica Jerónimo de Sousa, em 2006 (primeira eleição de Cavaco): 474 mil votos (8,6%). O pior candidato do PCP foi António Abreu, em 2001, ano reeleição de Jorge Sampaio). Obteve 223 mil votos (5,2%).

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

Pub
Pub