Saiba o que pode comer nos 14 restaurantes com estrelas Michelin

Já há um restaurante com duas estrelas Michelin em Lisboa.Os outros dois estão no Algarve.

São 14 os restaurantes portugueses distinguidos na edição de 2015 do Guia Michelin Espanha e Portugal, mais dois que no ano anterior. E Lisboa tem pela primeira vez um restaurante com duas estrelas. Siga as ligações para descobrir onde são e o que pode comer nos restaurantes com estrelas Michelin. Os preços são os indicados na página do Guia.

São apenas três os que conseguem duas estrelas. José Avillez, do Belcanto, na capital, tornou-se o primeiro chef de cozinha português a conquistar as duas estrelas Michelin. O Guia diz que a "cozinha excelente, vale a pena o desvio".

Belcanto, Lisboa. Chef José Avillez. Preço entre 60 e 135 euros.

Os outros dois restaurantes com duas estrelas estão ambos no Algarve e têm ambos chefs austríacos. Um deles é o Vila Joya, de Dieter Koschina. Preço entre os 83 e os 175 euros.

Vila Joya, Albufeira. Chef Dieter Koschina. Preço entre 83 e 175 euros.

O outro é o Ocean, do chef Hans Neuner, que, segundo o Guia, propõe "uma cozinha criativa, com elaborações delicadas".

Ocean, Porches. Chef Hans Neuner. Preço entre 95 e 185 euros.

Ainda a sul, o restaurante São Gabriel, em Almancil, comandado por Leonel Pereira, reconquistou a estrela que o Guia retirou em 2014.

São Gabriel, Almancil. Chef Leonel Pereira. Preço entre 55 e 110 euros.

Continuando no Algarve, o Willie's, em Vilamoura, conduzido pelo chef alemão Willie Wurger, é outra opção com estrela Michelin.

Willie's, Vilamoura. Chef Willie Wurger. Preço entre 59 e 72 euros.

E o Henrique Leis, em Almancil, do chef brasileiro com o mesmo nome, orgulha-se de ter uma estrela Michelin há 15 anos.

Henrique Leis, Loulé. Chef Henrique Leis. Preço entre 55 e 100 euros.

Do Algarve vamos até ao Porto, onde o chef Pedro Lemos conquistou a sua primeira estrela, para o Pedro Lemos.

Pedro Lemos, Porto. Chef Pedro Lemos. Entre 55 e 90 euros.

Também junto ao Douro, mas do outro lado do rio, o The Yeatman e o chef Ricardo Costa mantêm a estrela Michelin.

The Yeatman, Gaia. Chef Ricardo Costa. Preço entre 38 e 140 euros.

Perto do Porto, em Amarante, o restaurante Largo do Paço, no Hotel Casa da Calçada, também mantém a sua estrela.

Largo do Paço, Amarante. Chef Vitor Matos. Preço entre 30 e 110 euros.

Voltando a Lisboa, o Eleven mantém a sua estrela, que recuperou no ano passado depois de a ter perdido em 2012.

Eleven, Lisboa. Chef Joachim Koerper. Preço entre 71 e 140 euros.

O restaurante Feitoria, no Hotel Altis, mantém a estrela Michelin e o "ambiente cool" destacado pelo Guia.

Feitoria, Lisboa. Chef João Rodrigues. Preço entre 63 e 155 euros.

Na Fortaleza do Guincho, o chef Vincent Farges, à frente do restaurante desde 2005, também renovou a sua estrela Michelin.

Fortaleza do Guincho, Cascais. Chef Vicent Farges. Preço entre 87 e 102 euros.

E a única estrela do Alentejo é do L'And Vineyards, que mantém a distinção recebida pela primeira vez no ano passado.

L'And Vineyards, Montemor-o-Novo. Chef Miguel Laffan. Preço entre 55 e 120 euros.

Fora do território continental, o Il Gallo d'Oro é o único restaurante com uma estrela Michelin, no Funchal. Está sob a direção do chef Benoît Sinthon desde 2004 e tem uma estrela desde 2009.

Il Gallo D'Oro, Funchal. Chef Benoit Sinthon. Preço entre 49 e 115 euros.

Portugal continua a não ter nenhum restaurante com a distinção máxima, três estrelas.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular