Madrid garante ao Governo que Almaraz não é assunto encerrado

O Governo português afirmou esta tarde que obteve "garantias" espanholas de que a questão do armazém de resíduos de Almaraz "não está encerrada".

Num comunicado emitido pelo gabinete do ministro do Ambiente lê-se ainda que se procura agora "uma solução de consenso entre os dois países".

Para isso, o ministro, João Pedro Matos Fernandes, reunirá amanhã em Madrid com os ministros espanhóis do Ambiente e da Energia.

Numa nota à comunicação social com um único parágrafo lê-se: "Com garantias por parte de Espanha de que o processo do Armazém Temporário Individualizado de resíduos nucleares de Almaraz não está encerrado, e com o objetivo de se encontrar uma solução de consenso entre os dois países, o Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, estará amanhã em Madrid para reunir com os Ministros do Ambiente e da Energia do Reino de Espanha."

A construção pelas autoridades espanholas do chamado "Armazém Temporário Individualizado" - um armazém para os resíduos da central nuclear espanhola que fica a cem quilómetros da fronteira portuguesa - já levou o Governo português a ameaçar apresentar na Comissão Europeia uma queixa formal contra Espanha.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

Pub
Pub