Exército e Força Aérea com novos vice-chefes

Nomeações propostas pelo ministro da Defesa têm de ser confirmadas pelo Presidente da República

Os tenentes-generais Fernando Serafino (Exército) e Sílvio Sampaio (Força Aérea) vão ser os vice-chefes de Estado-Maior dos respetivos ramos após a passagem à reserva dos atuais titulares, soube o DN.

Os dois nomes foram propostos pelos chefes militares do Exército e da Força Aérea, devendo assumir funções a partir do dia 19 deste mês e para substituir, respetivamente, os tenentes-generais Rodrigues da Costa e Lopes da Silva.

A confirmação dos dois nomes pelo Chefe do Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, é um dado adquirido porque estas escolhas são previamente consensualizadas entre a Presidência e o Governo.

No caso do Exército, a escolha de Fernando Serafino para vice-chefe do ramo deixará em aberto os três cargos da estrutura superior do ramo: Operações, Pessoal e Logística.

Os dois primeiros estão vagos há dois meses, quando os então titulares se demitiram por discordância frontal com o chefe do ramo, general Rovisco Duarte, na sequência do furto nos paióis de Tancos.

Fernando Serafino, que é comandante da Logística, tinha na sua dependência o Depósito de Material de Benavente - responsável pelo que está nos paióis de Tancos e uma das cinco unidades que partilhavam a responsabilidade pela segurança daquele espaço.

Desconhece-se quando haverá promoções para aqueles três cargos, sendo a escolha feita entre as duas dezenas de majores-generais em funções.

Um deles é o major-general Tiago Vasconcelos, cujo processo de promoção levou o chefe do ramo a pedir pareceres jurídicos para saber se esse militar ainda pode ascender na hierarquia ou tem de passar à reserva.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Portugal
Pub
Pub