Rui Rio só avança para Belém se a coligação vencer as legislativas

O ex-presidente da Câmara do Porto acredita que terá o apoio do PSD se a coligação vencer. Passos Coelho já tinha afinado com o social-democrata o avanço para a corrida antes das eleições.

Rui Rio só avança para Belém se a coligação vencer as legislativas de 4 de outubro. O ex-autarca do Porto diz -no artigo de opinião publicado ontem no JN - que a decisão depende do conhecimento de "dados diretamente relacionados com o interesse do país", mas a sua candidatura depende, na verdade, do resultado das legislativas.

Mais do que sondagens - em que Marcelo Rebelo de Sousa é o favorito -, o DN apurou que o que irá pesar na decisão do ex-presidente da Câmara Municipal do Porto é o apoio do partido. Se a coligação vencer as eleições, Rui Rio acredita que terá o apoio do PSD e, portanto, avançará para a Presidência da República. Se António Costa vencer, Passos perde força e Rio já não avançará. Não está para assumir batalhas quixotescas. E aí, via aberta para Marcelo.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular