Relvas respeita opinião de Francisco José Viegas

"Respeito e respeitamos as opiniões de quaisquer ex-membros do Governo", disse o ministro adjunto Miguel Relvas, reagindo hoje, no final do Conselho de Ministros, ao desabafo do ex-secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, contra a penalização de quem não pede faturas.

No seu blogue pessoal, Viegas escreveu, sob a forma de carta aberta ao secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio: "Se por acaso, algum senhor da Autoridade Tributária e Aduaneira tentar 'fiscalizar-me' à saída de uma loja, um café, um restaurante ou um bordel (quando forem legalizados) com o simpático objectivo de ver se eu pedi factura das despesas realizadas, lhe responderei que, com pena minha pela evidente má criação, terei de lhe pedir para ir tomar no cu".

No mesmo post acrescentou: "Ele, pobre funcionário, não tem culpa nenhuma; mas se a Autoridade Tributária e Aduaneira quiser cruzar informações sobre a vida dos cidadãos, primeiro que verifique se a Comissão Nacional de Proteção de Dados já deu o aval, depois que pague pela informação a quem quiser dá-la."

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular