Nove arguidos acusados no caso do BPN

O Ministério Público deduziu acusação contra nove arguidos no âmbito do processo conhecido como "dossier BPN", corrigindo uma primeira informação avançada de que seriam cinco.

[atualizada com a correção do número de arguidos]

Num segundo comunicado assinado por Cândida Almeida, responsável pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), a PGR refere que um dos nove arguidos é uma pessoa coletiva. Os arguidos são acusados dos crimes de burla qualificada, abuso de confiança e fraude fiscal qualificada, anunciou hoje a Procuradoria-Geral da República (PGR).

O MP fez ainda um pedido cível no total de mais de 15 de milhões de euros (15.385.949,69).

A Lusa tentou obter o nome dos arguidos junto da PGR, o que não foi possível até ao momento. Mas, de acordo com a SIC Notícias, um deles é o ex-ministro Arlindo de Carvalho, que esteve à frente da pasta da Saúde dos governos de Cavaco Silva.

Últimas notícias

Mais popular