Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Vasco Lourenço

Portugueses também podem ser violentos, avisa militar

por Lusa  

O capitão de Abril Vasco Lourenço advertiu ontem em Almada que se o Governo não souber interpretar os sinais da sociedade portuguesa, os brandos costumes dos portugueses podem transformar-se em convulsões sociais e grande violência.

"Temos brandos costumes, mas só até determinada altura. Quando o caldo se entorna, os portugueses também se podem tornar violentos", disse Vasco Lourenço, que depois se referiu ao descontentamento dos militares, face às reduções salariais e à perda de regalias.

"O governo não pode estar a destruir o País e as Forças Armadas, não pode estar a menosprezar os militares e as Forças Armadas", disse Vasco Lourenço, acrescentando que os militares foram capazes de derrubar a ditadura e que "não aceitam ser tratados como ralé".

O dirigente da Associação de Oficiais das Forças Armadas falava num encontro com reformados e reservistas das Forças Armadas Portuguesas num encontro promovidos pelas associações de oficiais, sargentos e praças, que decorreu no Pavilhão dos Desportos do Feijó, em Almada.

Perante mais de 500 participantes, o presidente da Associação de Sargentos, Lima Coelho, teceu duras críticas ao governo e mão ministro da Defesa, pelas reduções salariais e também pela alegada degradação do sistema de saúde dos militares.

"Estão a humilhar os militares para reduzirem despesas", disse um dos participantes do encontro no período de debate em que se ouviram vários apelos para que as atuais chefias militares não permitam que se continue a descaracterizar e a desmantelar as Forças Armadas.


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
3319Visualizações
5Impressões
64Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 
Comentar

Se tem conta, faça Login

Email

Password




PUB
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
TSF Superbrand - DN destaque
BT Edições Multimédia
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Justifica-se pagar 1500 euros para garantir médicos nas urgências no Natal e Ano Novo?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper